terça-feira, 9 de outubro de 2007

Averiguar o sucedido na Covilhã

O que se passou na sede do sindicato dos professores na Covilhã merece averiguação.
Não é admissível que dois agentes entrem na sede do sindicato e indaguem os sindicalistas quanto às acções de protesto que pensam realizar.
Independentemente do que pensam e defendem, os sindicatos não representam uma ameaça para ninguém.

2 comentários:

samuel disse...

Para quê?
Não chegaram já à conclusão de que foram dois dos tais "comunistas", à paisana (isto é, sem as foices e martelos com que andam sempre fardados), figindo serem polícias, com o único objectivo de comprometer... ... ...

As setas disse...

AS averiguações já começaram a ser feitas e a polícia da Covilhã estáindignada, porque diz que foi um elemento do sindicato dos professores que os convidou a entrar (é amigo de um polícia da Covilhã), conversou informalmente com eles e ofereceu-lhes panfletos.