terça-feira, 23 de outubro de 2007

Um político sem noção e prioridades do tempo actual

Al Gore, ha alertado en una conferencia en Palma de Mallorca, sobre el fuerte aumento de temperaturas previsto en este siglo para España y el Magreb, entre otras zonas del mundo. Horas antes, ante el mismo foro, el líder del PP, Mariano Rajoy, relativizó el problema del cambio climático. "Hay que estudiarlo, hay que estar atentos, pero no lo podemos convertir en el gran problema mundial", afirmó.

Que o líder dos populares espanhóis é fraco, já se sabia. Que não tem a mínima noção dos tempos em que vive e de quais os riscos que se enfrentam é que causa espanto.
Quer este senhor ser Presidente do Governo de Espanha? Depois do que disse nas Baleares, nem para alcaide, quanto mais governante nacional.

4 comentários:

Pedro Sá disse...

Rajoy é um desastre, mas Al Gore é um irresponsável a dar a cara pelos fundamentalistas anti-progresso.

Rui Pedro Nascimento disse...

Parece que tirei o dia para te contrariar, Pedro (já sentias saudades, admite :) ). Rajoy é um desastre, mas neste capítulo só segue a cartilha do anterior governante espanhol. A Cartilha conservadora americana, a que está a caducar. Onde discordamos, claramente, é na apreciação a Al Gore. Al Gore fez mais pela protecção ambiental, devido à exposição que tem, do que, provavelmente, todas as organizações ambientalistas juntas. O único facto que se aproximou da intervenção de Al Gore, e mesmo assim é discutível, foi a explosão e afundamento do Rainbow Warrior pelos Serviços Secretos Franceses.

Pedro Sá disse...

Sabes muito bem o que eu acho dessa cambada de fanáticos ambientalistas...seguissem o bom sendo do Lomborg eram bastante produtivos...

Rui Pedro Nascimento disse...

Sei bem o que achas dessa cambada de fanáticos ambientalistas. Mas parece que discordamos na inclusão ou não de Al Gore nesse rol.

Se Lomborg tem bom senso ou não sei. Mas prefiro não precisar de descobrir se ele está errado!