quinta-feira, 18 de outubro de 2007

O que a CGTP não defende, por isso não assinou

Acordo histórico
Flexisegurança consensual entre parceiros da União Europeia

O documento conjunto dos patrões e sindicatos europeus assume a necessidade de melhorar o direito do trabalho e a protecção dos trabalhadores, nomeadamente promovendo relações de trabalho estáveis, oferecendo segurança adequada aos trabalhadores e respeitando as regras e os direitos sociais europeus.


O braço sindical do PCP não subscreveu um documento estratégico, considerado histórico, por juntar patronado e sindicatos europeus no mesmo objectivo.
Assim, se vê o que não defende a cê-gê-tê-pê.
O braço sindical do PCP ainda tem o pudor de se assumir como defensor dos trabalhadores. Resta saber quais.

4 comentários:

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If he will be possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll I thankful, bye friend).

odete pinto disse...

Por estas e por outras é que, ao contrário de Espanha, por exemplo, ainda temos, ou melhor, temos cada vez mais recibos verdes.

Mas isso não interessa nada para os pêcêpês nem cêgêtêpês. Estes trabalhadores não pagam para sindicatos.
Isto tem um nome: hipocrisia criminosa!

Pedro Sá disse...

Flexigurança ? Não, obrigado. Espero que o documento vá noutro sentido.

Pedro Sá disse...

Flexigurança ? Não, obrigado. Espero que o documento vá noutro sentido.