sexta-feira, 28 de março de 2008

O regresso da xenofobia

Deputado holandês coloca filme contra o islão na Internet

A extrema-direita continua a fabricar autênticas pérolas de hipocrisia e xenofobismo.
Desta vez, foi o deputado holandês Geert Wilders com o filme contra o Islão, não tendo o mínimo bom-senso de separar o trigo do joio.
O Primeiro-Ministro holandês, Balkenende, este bem ao repudiar a película de Wilders.
Como se percebe, a extrema-direita pretende obter apoios no fomento da exclusão e intolerância social, cultural e religiosa, o que só tem nefastas consequências sociais e económicas.
Talvez Wilders devesse saber o que o terrorismo que se assume em nome do Islão faz aos crentes de Maomé, pois já ceifou milhares de mortes e aterroriza milhões de vida todos os dias.

1 comentário:

Joao Carlos Silva disse...

Carlos, apesar de achar o Wilders um parvo, acho que o objectivo do homem era mais desafiar a liberdade de expressão europeia, respondendo aos extremistas do Islão na mesma moeda. Todas as culturas têm as suas ovelhas negras. Esta é a nossa versão laica de propaganda extremista. E, missão cumprida, Wilders teve a atenção que queria.