terça-feira, 13 de novembro de 2007

Os alhos e bugalhos do populismo

Chávez: Ninguém pode impedir latino-americanos de falar

Pelos vistos, o pseudo-biblista-bolivarista não quer entender o que é educação e faltar ao respeito, como faltou a um ex-Primeiro-Ministro espanhol, que denominou de fascista. E, falando de fascismos, a sua proposta de revisão constitucional, que será submetida a escrutínio no dia 2 de Novembro, até tem algumas semelhanças, não de conteúdo mas de forma, com o regime italiano instaurado no final do ano de 1922.

1 comentário:

Nicodemus disse...

É melhor especificar quais são o concreto. As que eu li não diferem muito das constituições europeias.