terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Discursos que não agradam nem a gregos nem a troianos

Empate técnico en los sondeos entre PP y PSOE

Concordo com o seu ponto de vista Nuno. Se o ANV for ilegalizado, o PP terá mais dificuldades em atacar o PSOE pela questão do terrorismo basco.
É evidente, como bem assinala, que o discurso da campanha é para consumo interno, e do mesmo modo que um discurso mais liberal de Zapatero, demarcando-se do conservadorismo, pode atrair parte do eleitorado, essa leitura liberal também tende a afastar outra parte da sociedade e a consolidar grupos mais tradicionalistas nas hostes do PP.
Quanto ao ANV, não prevejo a sua ilegalização. Mas, aguardemos para ver o que sucede.
Confesso que tenho curiosidade de ver o resultado do PSOE em Valência, onde os socialistas se apresentam aos eleitores com a número dois do Governo, De la Vega. De onde, por sinal, a governante socialista é natural.
Numa região tradicionalmente favorável ao PP, o PSOE joga uma cartada forte, onde, apesar de não ganhar, poderá, todavia, reduzir a diferença de votos para o PP, o que pode ser decisivo nas contas totais.
Uma eleição disputadíssima, com as sondagens a dar empate técnico entre os dois principais partidos e, ao mesmo tempo, com os dados a indicarem, segundo a maioria do população, na vitória de Zapatero.

2 comentários:

Odete Pinto disse...

É sempre muito interessante ver, às 4ªs.Fªs., na TVE (cerca das 23h15m) o programa 59 segundos mas, desde a semana passada, tem sido ainda mais.

CMC disse...

Cara Odete,
Desconhecia.
Acredito que comecem a 'sair' mais.
Obrigado pela informação. Hoje, se tiver oportunidade, procurarei ver.