quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

O preço a pagar por querer melhorar a Educação

Nestes últimos dias vêem-se muitos protestos condenarem a política educativa deste Governo.
Seria fácil, como alguns agitadores de pacotilha pretendem, dizer que são os professores os agitadores de toda esta situação. É bem certo que haverá professores que nada querem mudar, para que tudo continue na mesma. Como se estivesse bem. Basta consultar os dados da OCDE e ver como está a nossa Educação.
Porém, seria demasiado irresponsável tomar a árvore pela floresta, isto é, fazer com que os protestos sem sentido de uma agremiação pública que reúne uma dúzia de pessoas representasse toda a classe.
Qual é, segundo alguns, os que protestam, a culpa de Maria de Lurdes Rodrigues? Querer melhorar o ensino em Portugal. É defeito, é pecado, é irresponsável? Não.
As mudanças suscitam sempre resistências, mas esta é uma mudança fundamental para o País e Maria de Lurdes Rodrigues está a desenvolver o trabalho necessário para dignificar o Ensino em Portugal.